Devoções da Mãezinha

Devoções da Mãezinha

SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

A Serva de Deus cresceu num meio onde, em todas as casas, era entronizado o Sagrado Coração de Jesus, e a família, era a Ele consagrada. Mãezinha fez o mesmo na fundação do Carmelo da Sagrada Família, e todos os meses, fazia sua novena, em Comunidade - o que até hoje acontece. Aconselhava muito às pessoas, que com ela tinham contato, a prática das nove primeiras sextas-feiras.

Novena

Ó Coração adorável de Jesus, nossa doce vida, recorremos a Vós nas necessidades em que nos encontramos, e confiamos ao vosso poder, à vossa sabedoria, à vossa bondade, todas as angústias do nosso coração, dizendo mil vezes: Ó Coração Sacratíssimo, fonte de Amor, pensai Vós em nossas necessidades.

V. Em Vós, Coração de Jesus, esperamos.
R. Não seremos para sempre confundidos.

Glória ao Pai...

V. Doce Coração de Jesus, que tanto nos amais.
R. Fazei que Vos amemos sempre e cada vez mais.

Ó Coração amantíssimo de Jesus, oceano de misericórdia, a Vós recorremos em nossas presentes necessidades, e com plena confiança entregamos ao vosso poder, à vossa sabedoria, à Vossa bondade, os males que nos oprimem, repetindo mil vezes: Ó Coração terníssimo, nosso único tesouro, pensai Vós em nossas necessidades.

V. Em Vós, Coração de Jesus, esperamos.
R. Não seremos para sempre confundidos.

Glória ao Pai...

V. Doce Coração de Jesus que tanto nos amais.
R. Fazei que Vos amemos sempre e cada vez mais. 

Ó Coração amantíssimo de Jesus, delícia dos que Vos invocam, na impotência em que nos encontramos, recorremos a Vós, doce conforto dos infelizes, e confiamos à vossa proteção, à vossa Sabedoria, à vossa Bondade, todos os nossos sofrimentos, repetindo mil vezes: Ó Coração generosíssimo, único descanso dos que em Vós esperam, pensai Vós em nossas necessidades.

V. Em Vósv Coração de Jesus, esperamos
R. Não seremos para sempre confundidos.

Glória ao Pai...

V. Doce Coração de Jesus que tanto nos amais
R. Fazei que Vos amemos sempre e cada vez mais. 

Ó Maria, Mãe querida, canal por onde passam todas as graças, uma só palavra Vossa salvar-nos-á dos males e angústias que nos oprimem. A Vós, pois, também repetimos: Pensai Vós em nossas presentes necessidades e alcançai-nos graças perante o Coração de Jesus.

V. Virgem poderosa,
R. Rogai por nós. 

Querido Pai São José, dirigi também vós um olhar à triste condição em que nos encontramos, enquanto nós, confiados no vosso paternal amor e no vosso poder, cheias de confiança vamos repetindo: Ó amigo íntimo do Coração de Jesus, pensai vós nas nossas presentes necessidades. Glória ao Pai...

V. Amigo íntimo do Coração de Jesus,
R. Rogai por nós. 

 

MENINO JESUS

Laly, amiga da Serva de Deus antes de sua entrada no Carmelo de Campinas, enfrentava grandes dificuldades na concretização de seu ideal carmelitano. Já ingressara no Carmelo de Mogi das Cruzes, SP, tendo que sair por falta de saúde. Só poderia fazer nova tentativa como “fundadora” de algum Carmelo, o que não lhe era possível, porque sua família passava por grande dificuldade financeira. Em seu fervor vocacional, inicia então, a “Novena da Confiança ao Menino Jesus”, fazendo-a diante de uma imagem do Pequenino de Belém, que pertencia a ela mesma. As doze jaculatórias que se acrescentavam à oração final: “Menino Jesus, eu confio em Vós”, ela substituíra pela seguinte petição: “Menino Jesus, eu quero!”

No auge de sua confiança, ela, que nunca jogara, comprou um bilhete de Loteria e ainda fez mais outro jogo. Grande, portanto, era sua expectativa, porém, maior era sua confiança na proteção do Céu! Tanto o bilhete da Loteria quanto o jogo “extra” foram premiados! Graças ao Menino Jesus, Laly se vê “rica” da noite para o dia! Socorreu a família em necessidade, e pôde ajudar na projetada fundação do Carmelo Nossa Senhora Aparecida, de Belo Horizonte, para onde foi, recebendo, como Carmelita, o nome de Irmã Maria Gema Teresa. Anos depois, ela presenteia Madre Maria Imaculada com a imagem “milagrosa” do Menino Jesus.

Fora este fato, a estampa do Menino Jesus esmoler circulou pelo Brasil todo, pedindo esmolas para a construção do Carmelo da Sagrada Família.

Em gratidão aos nossos benfeitores, é feita mensalmente a novena do Menino Jesus, iniciando-se no dia 16, e terminando no dia 25.

Novena

Ó Menino Jesus, nós recorremos a Vós, pedimos por Vossa Santíssima Mãe, assisti-nos nesta necessidade... porque cremos firmemente que Vossa Divindade pode nos socorrer.

Criança cheia de poder, Jesus, nós Vos conjuramos, ouvi-nos e fazei-nos a graça de Vos possuir eternamente no Céu, com Maria e José. Assim seja.

V. E o Verbo se fez carne.
R. E habitou entre nós.

V. Menino Jesus,
R. Eu confio em Vós. (12 vezes)

V. Ô meu Salvador e meu Deus,
R. Mostrai a força de Vossa infância e o poder de Vosso berço.

V. Menino Jesus de Belém,
R. Eu Vos adoro e Vos amo.

 

NOSSA SENHORA

A Ordem do Carmelo é uma Ordem Mariana. No dia da fundação do Carmelo da Sagrada Família, Mãezinha, de comum acordo com as Irmãs, elege Nossa Senhora como Priora perpétua do nascente Carmelo.

Mãezinha sempre aconselhou suas filhas e amigos a que se consagrassem a Nossa Senhora, através do método de São Luís Maria Grignion de Montfort, descrito em seu livro: “O Tratado da Verdadeira Devoção a Nossa Senhora.”

 

SÃO JOSÉ

É marcante na Ordem do Carmelo a devoção a São José. Santa Teresa de Jesus era-lhe devotíssima. A Serva de Deus não lhe fica atrás. Recomenda esta devoção sempre em suas cartas e orientações.

Conserva-se uma relação da Serva de Deus, de seus últimos anos, com a data de início e fim dos “Sete Domingos de São José”, feitos de forma contínua, e com as correspondentes intenções.

Diariamente, antes da meditação da tarde, as Irmãs rezam uma oração a São José por todos os que lhe pedem orações.

↑ Voltar ao topo