Relatos de Graça

Graça IV - "Tenho a certeza de que, no céu, consegui uma protetora."

Este relato foi-nos enviado, através de uma carta datada de 01/07/88, que está arquivada em nosso Carmelo da Sagrada Família. A remetente nunca viu, pessoalmente, a Mãezinha, pois reside em cidade muito distante daqui. Seu contato com o Carmelo era e tem sido, apenas, através da correspondência epistolar.

“Senti muito o falecimento da nossa Mãezinha!... Vou contar-lhe uma coisa: Um dia, muito pensativa com a demora de notícias daí, olhei para o teto e vi a cabeça da nossa Mãezinha, sorridente, por mais de meia hora [sem saber que era ela, pois não a conheci pessoalmente]!...

Eu fechava os olhos, tornava a abri-los e via somente a cabeça. Fiquei numa alegria inexplicável e sem medo.

Quando veio correspondência daí, do Carmelo, abri o envelope e deparei com o retrato (aviso de morte) da falecida. Mostrei à minha filha e disse: “- Olha, é a cabeça que vi, ontem, no teto!...”

Tenho a certeza de que, no céu, consegui uma protetora. Rezarei por ela e pedirei a ajuda que estou precisando.” 

(J.A.D.)

 

Outros Relatos de Graça

↑ Voltar ao topo